Busca

Carregando...

terça-feira, agosto 23, 2011

Dicas importantes de como se proteger no facebook


Os alertas sobre a exposição na web não são novidade, mas parece que ainda existe muita gente com a necessidade de chamar atenção. O Orkut foi um dos pioneiros em fomentar a prática de “se mostrar” na rede e foi também por causa dele que se levantaram os primeiros alertas a respeito dos riscos dessa espetacularização pessoal, no Brasil. Infelizmente, ainda temos muito o que aprender. Aos usuários do Facebook, o site AllFacebook dá a dica de como se proteger na web com a lista 7 erros mais comuns cometidos no Facebook.
1. Revelar sua data de nascimento completa
Por que alguém mostraria sua data de nascimento completa em um ambiente público? A menos que você tenha 25 anos ou menos, porque diabos você iria querer que alguém entendesse por que você canta música de elevador ou por que você não pensa mais no limite de velocidade como um desafio? De acordo com os especialistas, revelar sua data de nascimento completa é exatamente o que um ladrão procura para encaixar as peças no seu perfil e fazer de você sua próxima vítima. Se você apenas deseja ganhar os parabéns de aniversário, basta fornecer seu mês, dia de nascimento e excluir o ano.
2. Dizer que você não está em casa
Dizer que está "Away" é tão arriscado quanto colocar uma placa na sua porta dizendo “Fui pescar”. Ladrões vêm em todas as formas, cores, sexos e por todos os lados, e eles podem muito bem estar escondidos atrás de perfis falsos no Facebook. Só compartilhe sobre suas férias depois de você já ter girado a chave da porta da frente e colocado a placa “É bom estar de volta”.
3. Usar uma senha óbvia
Por que usar uma senha de Facebook que qualquer um pode descobrir? Tente evitar palavras comuns e nomes quando for registrar sua conta. Você pode optar por misturar letras em caixa-alta, símbolos e números. Fica a dica: Coloque símbolos e números no meio de uma palavra para despistar os hackers.
4. Ignorar os controles de privacidade
Controles de privacidade são muito subestimados. O Facebook colocou essa poderosa ferramenta em suas mãos para que você possa evitar que certos contatos vejam coisas que você simplesmente não quer que eles vejam. Você pode usar essa tática para restringir pessoas de ver fotos, informações pessoais e até suas postagens no mural. Organize seu controle de privacidade por amigo ou grupo de amigos, e então respire aliviado. Você poderá falar sobre o dia horrível no emprego sem que os seus colegas de trabalho possam ler o que você postou.
5. Não pensar antes de postar
Agentes da lei, empregadores e até seguradoras estão de olho nas páginas do Facebook tentando descobrir sobre você. Então, não poste nada que possa te colocar na cadeia, te demitir ou ter seu seguro cancelado por permitir que eles descobrissem que você mentiu sobre o risco do seu estilo de vida. Um estudo feito em 2009 pela firma de segurança de internet Proofpoint estima que 8% das companias demitiram alguém por “mau uso” de mídias sociais. E nós temos muitas razões para acreditar que os números tendem a crescer – não seja parte dessas estatísticas!
6. Não usar o recurso de mensagem por Inbox
Por que você convidaria certas pessoas para a festa de aniversário do seu filho no seu mural? Use o mecanismo de mensagem privada para se comunicar com os poucos selecionados para o evento ou para conversas que não interessam a todo mundo.
7. Mencionar o nome dos seus filhos menores de 13 anos
É realmente necessário mencionar seus filhos por nome em uma rede com 12 amigos reais e 443 do tipo “Eu não conheço, mas adicionei assim mesmo”?
Pais precisam saber que quando se relaciona na rede, segurança é uma responsabilidade compartilhada entre os usuários do Facebook e o site.
Infelizmente, existem muitas pessoas indesejáveis como estupradores e sequestradores, que podem ter ou obter acesso a seus dados e a segurança de um usuário depende tanto do site quanto dele mesmo. Você realmente deseja que esse pessoal saiba os nomes dos seus filhos ou para qual escola eles vão? Dar privacidade a eles é uma regra paterna de senso comum no Facebook! Siga!

Fonte: 180 graus

segunda-feira, agosto 22, 2011

Google bloqueia aplicativo que transfere fotos do Orkut para o Facebook


O Google bloqueou a utilização do aplicativo Migrakut, usado para importar os álbuns de fotos da rede social Orkut para o Facebook. Por conta da preferência dos usuários  pela nova rede social, o aplicativo já havia sido usado por cerca de 1 milhão de internautas.
O aplicativo foi bloqueado com a justificativa de que o Google não permite que os usuários utilizem ferramentas automáticas para retirar conteúdo. No entanto, o criador do aplicativo, Rafael Zanoni, alega que o Migrakut apenas transfere os álbuns e não os exclui.

sexta-feira, agosto 12, 2011

Facebook anda roubondo dados de usuários


Se você é usuário de Facebook, sabe, pela política de privacidade do site, a importância com que zelam pelos seus dados pessoais.
Embora isso seja verdade, você provavelmente não sabia que o mesmo Faebook tem mantido uma rotina de pegar, sem pedir a devida autorização, dados de usuários que que utilizam o recurso através dos aplicativos em gadgets como smartphones e outros mobiles.
Todas as informações de seus contatos estão, muito provavelmente, armazenadas também nos servidores da rede social, sejam nomes, telefones, endereços de email e quaisquer outros dados.
Se esta política não está de acordo com os seus princípios, a Geek te dá uma forcinha para impedir essa inconveniência.
Siga os passos abaixo:
1 – Visite o Facebook a partir de um computador convencional;
2 – Na área superior direita da tela, clique em Conta e em Editar Amigos;
3 – No menu lateral na tela, clique em Contatos;
4 – Nesta página, estão os contatos de todos os seus amigos, com os números telefônicos. No lado direito da tela, clique no link Esta Página;
5 – Siga as instruções da tela, desabilitando a sincronização dos contatos, presente no campo de aplicativo do mobiles, se esta opção estiver habilitada;
6 – Clique no botão Remover.
As dicas são do site BGR, que ressalta que alguns usuários norte-americanos têm afirmado estar recebendo avisos que informam que alguns dos aplicativos do facebook para os dispositivos móveis fazem uso desses dados. Porém, os anúncios não informam que os dados estão sendo armazenados pelo serviço.
Aliás… Já parou pra pensar onde devem estar todas aqueles suas informações acumuladas no Gmail ou no MSN?

Fonte: Geek

Como transformar suas fotos do Facebook em vídeos com efeitos


Nesta dica, mostraremos como transformar suas fotos do Facebook em vídeos, mas com um grande diferencial: você não precisará instalar nenhum programa no seu computador.
O processo é feito no próprio Facebook, utilizando as fotos do seu álbum e com muitas opções, permitindo inclusive a adição de trilhas sonoras. Interessante, não?
Se você gostou da ideia, acompanhe mais essa dica do Techtudo e veja como criar vídeos com suas fotos do Facebook.
Passo 1. Para que você crie vídeos com suas fotos do Facebook, a primeira coisa a ser feita é o logon no site.
Passo 2. Ná página principal do site, busque pelo termo "Masher" e clique sobre o aplicativo exibido como resultado.
Passo 3. Caso você esteja utilizando uma conexão segura, ao ser exibida a mensagem "Desativar navegação segura", clique em "Continuar".
Passo 4. Na tela seguinte, clique em "Ir para o aplicativo" e, em seguida, clique em "Permitir" para autorizar o aplicativo a se integrar com a sua conta.
Passo 5. Ao acessar o aplicativo, clique em "Yes" para assistir aos vídeos demonstrativos ou em "No" para ir direto para a criação do seu próprio vídeo. Caso opte por assistir o tutorial do aplicativo, clique em "Make your own MASHER video! Go now >>" para começar a criar o seu vídeo.
Escolha das mídias (fotos, vídeos e músicas)
Passo 6. Na tela principal do aplicativo, clique em "Facebook", selecione o álbum desejado e arraste as fotos do seu álbum para a timeline, na parte inferior da tela.
O aplicativo é todo baseado no recurso drag and drop, ou seja, você pode clicar e arrastar fotos, vídeos e músicas para adicionar novos conteúdos ou mudar a sua posição na timeline. O mesmo serve para arquivos armazenados em seu computador.
Passo 7. Para adicionar fotos salvas no seu disco, clique em "Photo" e em "Browse", no canto inferior direito, para buscar pelo arquivo no computador. Ao localizar as imagens desejadas, arraste-as para o timeline para acioná-las ao vídeo.
Passo 8. Caso deseje, também é possível adicionar vídeos ou uma música de fundo. Para isso, clique nos ícones abaixo de "Photos", localizar os arquivos e fazer o upload. Em seguida, arraste-os para a timeline (as músicas ficam abaixo das fotos).
Passo 9. Em "Masher Media" você encontra conteúdos (vídeos e músicas) disponibilizados pelo próprio aplicativo, que também podem ser adicionadas por meio do sistema drag and drop.
Adicionando textos, efeitos e skins
Passo 10. Após selecionar as mídias que farão parte do seu vídeo, você pode adicionar textos em cada quadro da timeline. Basta clicar na caixa "Step 2", acima das fotos, ou eu "Next step", no canto inferior direito.
Passo 11. Na aba "Text", é só digitar o texto desejado, posicioná-lo no quadro à esquerda e arrastar o "T" na caixa azul para cima da foto em que você quer que ele seja exibido. Caso queira que o mesmo texto seja exibido em todas as fotos, repita o procedimento para cada quadro.
Passo 12. Na aba "Effects", escolha os efeitos que quer usar e arraste-os pra cima das fotos.
Passo 13. Em "Player Skins", você pode adicionar molduras, que serão adicionadas a todo o vídeo. Obs.: a qualquer momento, é possível visualizar como o vídeo está ficando (botão "Preview") ou limpar a timeline (botão "Clear timeline") para começar do zero.
Compartilhando o vídeo
Passo 14. Para compartilhar o vídeo criado, clique sobre a última aba (Share with friends) e adicione um título e uma descrição. Em seguida, clique em "Save video".
Passo 15. Agora é só escolher onde você quer compartilhar o seu vídeo. É possível publicar no seu mural ou no mural dos seus amigos do Facebook, Twitter, utilizar o código embed ou enviar via e-mail.
Por permitir a utilização de muitos recursos, o aplicativo Masher talvez demore para carregar alguns conteúdos mais pesados.


 Fonte: 180graus.com

[Review] The Sims Social: Disponível no Facebook




The Sims já é um game consagrado no mundo inteiro, com inúmeras versões e expansões desde seu lançamento em 2001.
Porém, essa nova versão, feita especialmente para o Facebook é totalmente grátis e está indo muito além do que os jogos para PC e consoles.

Em The Sims Social, você cria seu próprio avatar e pode interagir virtualmente com seus vizinhos, ou seja, seus amigos do Facebook. Além de poder construir sua casa, com pisos, papéis de parede e decorar com os mais diversos móveis disponíveis.
Os usuários podem ainda se tornar amigos, inimigos e descobrir amores, fazendo com que cada grupo tenha uma história única.

Na minha opinião, o jogo teve um pouco de suas características perdidas, pois o sim não trabalha, sendo sua fonte de renda o famoso “plantar e colher” que já esta banalizado entre os joguinhos de rede sociais.
Fora esses detalhes, o jogo é viciante e vale muito a pena jogar, principalmente pelo fato de não ter como roubar, levando a pessoa a ter que batalhar pela sua mansão!

Claro que essa idéia não é completamente nova. Em 2002, foi lançado o The Sims Online, que possuia caracteristicas semelhantes ao Social, porém foi um fracasso devido à varios motivos como preço, falta de inovação, lançamentos do Second Life e The Sims 2, levando a uma reformulação, se tornando o EA LAND, e posteriormente, vindo a ser encerrado em 2008.

Para acessar o jogo basta ter um perfil no Facebook e procurar por The Sims Social.

Fonte: www.blog.quartogeek.com.br

quarta-feira, agosto 10, 2011

Novo jogo no Orkut Fantástica Ravenwood Fair



Produzido pelo renomado produtor e designer John Romero, o intuito do game é fazer com que o jogador construa uma casa dentro de uma mata selvagem e construa uma feira renascentista.

Para chegar até lá, será preciso acumular “Pontos de Diversão”, conseguidos através de coleta de itens como madeira, minerais, vendendo itens. Dessa forma, compram-se novas decorações, itens e barracas de atividades diversas para entreter os visitantes.

Mas a tarefa não será tão fácil assim. Ravenwood, a floresta que dá nome ao jogo, é infestada de árvores e monstros malignos, que não se cansam de tentar invadir os arredores da feira e espantar os visitantes. Portanto, cabe ao jogador se livrar dos males para ter sucesso na quest.


Fantástica Ravenwod Fair” está totalmente localizado para o português brasileiro.

Você pode acessa clicando aqui

Fonte: Adrenaline

Descubra o significado da “cutucada” no Facebook?